Complexo Educacional de Braço do Norte recebe unidade do Senai

O ensino técnico e a aprendizagem industrial agora fazem parte do Complexo Educacional criado pela Weber Empreendimentos, em Braço do Norte. Ao todo, o Complexo tem 8 mil metros quadrados e, destes, o Senai passa a integrar o ambiente, em um prédio de 1.100 metros quadrados onde funcionarão a sua área administrativa, a área de saúde e os laboratórios educacionais. Além disso, o Colégio Dehon oferecerá, em 2022, educação infantil, fundamental I, no antigo endereço do Colégio Espaço, e fundamental II e Ensino Médio, na sua atual estrutura. "Teremos um ecossistema de educação supercompleto, do infantil à pós-graduação", aponta o CEO da Weber Empreendimentos, Fernando Weber.

Criado em 2016, o Complexo Educacional foi o primeiro investimento da Weber em infraestrutura educacional, sediando inicialmente o campus da Unisul em Braço do Norte e o Colégio Dehon, com a oferta de Ensino Médio. "De lá para cá, o que aconteceu neste espaço foi incrível", destaca Fernando Weber. Com infraestrutura de auditório e um coworking da Strive Ventures para design de novos negócios, o ambiente envolve também a comunidade braçonortense. "Nós trouxemos a comunidade para dentro do nosso sistema acadêmico", explica Weber. Para ampliar o escopo de atividades do Colégio Dehon, a Weber Empreendimentos adquiriu o Colégio Espaço, de Braço do Norte, onde continuarão acontecendo as aulas de educação infantil e fundamental I, porém sob a marca Dehon.

O Senai ingressa no complexo trazendo sua experiência em educação técnica e de aprendizagem industrial. "A ampliação de nosso espaço vai permitir ampliar nosso portfólio e entrar em algumas áreas que não atuávamos", explica Valmir Cabral, gerente de Operações Sesi/Senai para a região Sul e Litoral Sul. O Senai oferecerá, já em 2022, cursos técnicos em Marcenaria, Automação Industrial, Eletrotécnica, Qualidade e Desenvolvimento de Sistemas. Terá ainda, no período vespertino, aulas de aprendizagem industrial totalmente gratuitas, com nove turmas de 30 alunos cada. A infraestrutura do Senai no Complexo Educacional fica completa com um laboratório de Marcenaria com máquinas fabricadas pela indústria Inmes. "Nossa expectativa é atender, em 2022, a mil alunos nesta nova estrutura", revela Valmir Cabral.